Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar

Proteção de Dados Pessoais: Como proteger os seus dados nas redes sociais

3 Maio 2018
0 comentários

Com as várias controvérsias de fuga e uso de dados pessoais por parte de empresas de que se tem conhecimento, é essencial falar-se da proteção de dados pessoais.

Neste artigo vamos explicar a importância de aplicar algumas técnicas de proteção de dados pessoais e porque é tão importante. Nem tudo o que colocamos na internet, e sobretudo nas redes sociais, está totalmente seguro. Contudo, é possível tomar algumas precauções para limitar o uso e ataques aos seus dados pessoais.

O que é um dado pessoal na internet?

Qualquer dado pessoal relacionado consigo, é visto como um dado pessoal na internet. Isso pode ser um elemento identificativo básico como o seu nome ou endereço de email, como algo mais detalhado como o seu endereço IP, impressão digital, fotografias, número de contribuinte, etc.

Que direitos temos para uma proteção de dados pessoais?

Em Maio de 2018 irá ser oficialmente implementado o novo Regulamento Geral de Proteção de Dados (RGPD). O RGPD vai uniformizar em toda a União Europeia uma série de soluções que dão um maior poder às pessoas sobre os seus dados pessoais.

De uma forma global, temos que dar autorização explícita à empresa para usar ou guardar os nossos dados. Sobre as informações entregues às empresas, todas as pessoas têm o direito de:

  • aceder às informações que uma organização ou empresa tem sobre ele (direito de acesso);
  • corrigir um erro ou ter uma informação específica eliminada permanentemente (direito de retificação);
  • opor-se em aparecer num determinado ficheiro (direito de oposição).

Práticas diárias para uma maior proteção de dados pessoais nas redes sociais

As redes sociais são onde as pessoas partilham mais informações, sejam as fotografias das férias, comentários nos perfis de amigos ou avaliações em restaurantes.

As várias redes sociais convenceram-nos que é totalmente seguro ‘postar’ e partilhar tudo aquilo que nos apetecer. Mas na realidade, é preciso ter alguma cautela.

Lembre-se que todas as informações que partilhar online podem ser vistas e consultadas por outras pessoas…mesmo que o faça no seu perfil e com as preferências de visualização apenas para si.

Ao utilizar uma rede social, está a assinar as regras que dela advêm. Nenhum utilizador faz as regras das redes sociais, estando dependente de quem nelas manda.

No entanto, apesar dos seus riscos, as redes sociais já fazem parte do nosso quotidiano; portanto não deve deixar de as usar se não quiser! É possível, aplicando algumas práticas, ter uma utilização mais segura e privada nas redes sociais:

Não partilhe códigos, moradas ou dados demasiado privados.

É certo que a noção de privacidade pode ser diferente de pessoa para pessoa, mas pense: essa informação que partilha pode ser utilizada para aceder diretamente a si ou à sua família? Se sim, não partilhe! Um exemplo: coloca uma imagem em sua casa e partilha a localização…essa partilha poderá estar a prejudicá-lo.

Tenha também em atenção quando envia informações sensíveis por mensagem, email ou em conversas em chats. Se estiver em locais com redes de internet públicas ou nos transportes públicos, espere por chegar a casa para o fazer, é bastante mais seguro usar a sua rede.

Controle as suas definições de privacidade

Consulte as definições que tem no seu perfil (normalmente presentes nas definições da conta). Verifique que tem os seus dados sensíveis visíveis unicamente a si ou a amigos próximos e familiares. Evite a partilha pública, com pessoas que não conhece, de informações privadas ou fotografias pessoais.

Adicione apenas quem conhece realmente

O desejo de querer fazer networking pode ser perigoso nas redes sociais. Siga, adicione e deixe-se seguir apenas por quem conhece. Isso permite-lhe que as suas informações, por mais públicas que sejam na internet, sejam visíveis maioritariamente por pessoas que lhe são próximas.

Conclusão

Lembre-se que no momento em que partilha algo ou escreve nas redes sociais, isso deixa de lhe pertencer. Tenha sobretudo cautela sobre o que escreve e o que partilha. A sua segurança e da sua família deve estar acima de likes e seguidores.

Fontes:

Nomadismo Digital
Sage

Dica BLOGO:

Use passwords fortes, que combinem letras minúsculas, maiúsculas, números, símbolos e caracteres especiais, evitando o uso da mesma password em diversas redes sociais e aplicações diferentes.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida