Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar
desperdício zero

Desperdício Zero: Como Reduzir o Lixo que Produz em Casa?

23 Fevereiro 2018
0 comentários

O lixo é algo que se acumula inevitavelmente numa casa. Hoje sabe-se que, para além de todo o cuidado em reciclar, esta preocupação já não é suficiente para proteger completamente o ambiente. Cada vez mais se ouve falar do movimento de desperdício zero.

Curioso do que este movimento representa? Será possível produzir zero lixo no nosso quotidiano? Continue a ler e descubra algumas dicas para reduzir de forma simples o lixo que produz em casa.

Pense no desperdício zero no momento das compras.

Durante as compras, pense logo na importância de produzir menos lixo no ambiente. Privilegie produtos ecológicos, sustentáveis e de preferência reutilizáveis ou com um maior tempo de vida.

Ao falar em produtos ecológicos e sustentáveis, falamos em optar por produtos com uma embalagem que desperdice a menor quantidade de material possível ou, em caso de ter embalagem, que esta seja produzida com materiais reciclados e seja, ela também, reciclável.

É comum nos grandes supermercados haver uma zona a granel: visite-a e adote esta prática! Comprar a granel não só lhe permite produzir menos lixo, como também faz com que poupe dinheiro, pois vai estar a comprar unicamente a quantidade que necessita desse produto.

Já em casa, pode adotar várias práticas que conduzem a um menor desperdício e produção de lixo:

Cozinha

Começando pela cozinha: evite cozinhar em demasia para impedir que os restos sejam deitados fora.

Meça sempre a quantidade de ingredientes que necessita para cada receita; se houver restos, cozinhe-os, repita-os mais tarde e invente novas receitas. Para além de ser uma forma de desperdício zero, é também uma forma divertida de descobrir novos sabores.

Para reduzir as embalagens presentes, sobretudo na cozinha, existem várias soluções. Troque as garrafas de água de plástico por uma garrafa de vidro água da torneira ou um jarro com filtro de água. Use frascos de vidro para armazenar frutos secos, massa e outros ingredientes que compra a granel.

Tem filhos? Eles gostam de iogurtes? Em vez de comprar iogurtes industrializados, pode fazer os seus próprios iogurtes em casa. Para além de serem mais saudáveis, são também mais em conta!

Para finalizar, evite comprar e usar guardanapos de papel. Resgate a prática dos guardanapos de pano: basta ter um pequeno stock e lavá-los para serem reutilizados vezes sem conta.

Casa de banho

A casa de banho é também um local onde se produz muito lixo, mas onde existem cada vez mais opções ecológicas que pode adotar. As escovas de dentes em bambu são muito fáceis de encontrar em comércios locais e alternativos e, para além de serem produzidas com materiais sustentáveis, são também biodegradáveis.

As toalhitas reutilizáveis representam um elemento essencial para um quotidiano do desperdício zero. Usar toalhitas de algodão ou fibra de bambu significa reduzir um grande número de discos desmaquilhantes ou toalhitas de bebé que demoram muito tempo a decompor-se.

É mulher? Infelizmente, o sexo feminino é “responsável” por uma grande quantidade de lixo no mundo inteiro, devido ao uso de pensos higiénicos e tampões. Felizmente, também para isso, existem soluções ecológicas!

Pode adotar o uso do copo menstrual, usado cada vez mais em Portugal e estando disponível em muitas superfícies comerciais. Se não estiver confortável com esta alternativa, pode optar também por pensos reutilizáveis de tecido.

Conclusão

A reciclagem é já um hábito comum, adotado pela grande maioria das pessoas de forma natural e voluntária. Contudo, é essencial que se adote também hábitos de redução de produção de lixo. O movimento do desperdício zero é global e têm surgido no mercado cada vez mais alternativas de produtos que nos permitem reduzir a nossa pegada ecológica.

Fontes:

Ana, Go Slowly
NiT

Dica BLOGO:

Cole um autocolante “Publicidade aqui, NÃO!” na sua caixa do correio. Isso vai permitir que não receba publicidade sobre a qual não está interessado.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida