Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar
Prevenção de incêndios florestais

Incêndios: Saiba como pode ajudar a proteger as florestas portuguesas

20 Março 2018
0 comentários

Os incêndios são, infelizmente, uma presença comum em Portugal, sobretudo nos meses de maior calor. A prevenção de incêndios florestais é essencial para se começar a reduzir os fogos nas florestas portuguesas.

Neste artigo, explicamos-lhe como pode ajudar a proteger as florestas portuguesas, através de práticas e comportamentos de prevenção de incêndios florestais.

Ajudar a combater os fogos florestais é essencial para ajudar a proporcionar um futuro mais verde a todos os cidadãos!

Prevenção de Incêndios Florestais

Todos os anos os incêndios são uma presença constante nas notícias e quotidiano dos portugueses. É estimado que em Portugal e nos países mediterrâneos, 95% dos fogos tenham a sua origem no comportamento humano, sendo a maioria involuntários.

São comportamentos negligentes que levam à origem da maioria dos fogos no nosso país, algo que pode ser facilmente evitado! Continue a ler para ficar a saber alguns conselhos que ajudam à prevenção de incêndios florestais.

Em caso de Piquenique e Passeio no Exterior:

  • Não deixe garrafas de vidro abandonadas e apanhe todas as que encontrar no seu caminho. O vidro reflete a luz solar, o que pode provocar facilmente o início de um incêndio;
  • Se fizer churrascos no exterior, assegure-se que os faz em lugares devidamente preparados para tal e que tem objetos e materiais que possam extinguir rapidamente inícios de fogos. Se estiver dentro de uma floresta, não faça um churrasco, pois existem parques próprios para o efeito que têm menos vegetação e que estão preparados para piqueniques;
  • Deixe a floresta como a encontrou: limpa! Não só recolha o seu lixo, como todo o lixo que possa encontrar no caminho. A prevenção de incêndios florestais passa também pela consciência de que é da responsabilidade de todos cuidar das florestas;
  • Se fumar, não deite as beatas dos cigarros para o chão, nem as atire pela janela do carro;
  • Sempre que sair em passeio para florestas, preocupe-se em procurar previamente os números de contacto de urgência dos bombeiros da região e dos responsáveis da manutenção da floresta ou local para onde vai.

Se morar próximo de uma floresta ou de uma zona verde:

  • É obrigatório, pela lei portuguesa, que o proprietário, arrendatário ou entidade faça a gestão e manutenção dos espaços verdes num raio de 50 metros à volta da propriedade;
  • As árvores e arbustos devem estar a 5 metros ou mais da casa. Este é um conselho essencial para a prevenção de incêndios florestais, pois permite evitar a propagação de incêndios e fogos em habitações;
  • As copas das árvores e arbustos devem ser cuidadas para que tenham, entre si, o espaço mínimo de 4 metros;
  • Mantenha um piso não inflamável como mosaico ou cimento à volta da casa.

dia das florestas

A prevenção de incêndios florestais não passa só pela responsabilização das entidades governamentais durante o combate dos mesmos. Passa também pela consciencialização de cada um dos cidadãos, da importância que é cuidar das nossas florestas que representam um pulmão verde essencial para a conservação do nosso planeta.

Fontes:

Deco Proteste
Plantar Portugal
Simbiótica

Dica BLOGO:

Nunca deixe as crianças brincarem com isqueiros ou fósforos, sobretudo no exterior. Comportamentos inocentes e brincadeiras aparentemente inofensivas podem traduzir-se em situações de perigo.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida