Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar

Animal com Frio? Como cuidar dos seus animais de estimação

29 Novembro 2018
0 comentários

Com a chegada do tempo frio recomeçamos as habituais rotinas para lidar com o frio, mas não é só em nós que devemos pensar. Os nossos animais de estimação também passam por esta transição e têm dificuldades acrescidas em lidar com o frio, principalmente, porque não se conseguem abrigar sozinhos. Entenda de que forma deve lidar com um animal com frio.

Alimentação e hidratação

Tal como acontece com os humanos, o animal com frio também tende a gastar mais energia em tentar manter a temperatura do corpo. Nesse sentido, acaba por precisar de mais gordura, o que só pode ser obtido com a ingestão de mais calorias.

Deste modo, não descure na oferta de uma alimentação que seja satisfatória e saudável. Mas também, claro, não se esqueça de dar muita água fresca. Afinal, mesmo no inverno, é essencial manter bons níveis de hidratação.

Banhos e higiene

Falando agora de higiene, não pense que por estarmos em tempo frio as pulgas deixam de existir, pois as pulgas também vivem no frio. Assim sendo, não deixe de manter o seu animal devidamente desparasitado, tal como não deve deixar de lhe dar banho.

Aqui tem duas opções:

  • Poderá manter o tradicional banho, com água morna/quente, garantindo que seca muito bem o seu animal de estimação;
  • Poderá também optar por produtos específicos para banhos secos de animais de estimação. Este produtos aplicam-se directamente na pele e não tem que enxaguar.

Deve informar-se sempre junto do seu veterinário para entender qual é a melhor opção para o seu amigo.

No inverno, em algumas raças, deve evitar-se tosquiar o animal. Visto que o pêlo é um elemento fulcral para manter o aquecimento e equilíbrio de temperatura, deve escovar o animal com regularidade, de modo a manter o bom estado do pêlo.

Se tem um animal com frio quando sai com ele, pode adotar as roupas próprias para cães e gatos que cobrem, muitas delas, do pescoço até ao rabo.

Importante lembrar que, apesar do pêlo, os animais de estimação também sentem a discrepância de temperatura ao sair de um ambiente fechado para o exterior.

Manter o ambiente envolvente aconchegante

Para além da higiene, alimentação e hidratação, deve também cuidar da casa para evitar que o animal tenha frio. O ambiente envolvente também é determinante para o bem-estar do seu companheiro.

É muito importante que a cama do animal seja adequada ao frio que se sente. Aliás, o uso de um cobertor é a solução ideal. Para que sejam evitadas pulgas ou carraças, deverá mudar o cobertor com frequência. Animal com frio é um animal exposto, sendo que deve também certificar-se que a cama do animal está num local resguardado, seco e não em contacto directo com o chão.

Se o animal está no quintal, a casota deve ser acima do nível do chão e deve ter resguardos por dentro, de forma a que o animal se consiga aquecer. Ainda assim, nos dias mais frios, não deixe o seu animal de estimação sujeito a temperaturas gélidas. Afinal, o risco de hipotermia é real e infelizmente alguns animais de estimação acabam por morrer nestas circunstâncias.

Os cães e gatos também se constipam

Não somos só nós que podemos padecer deste mal! Os cães e gatos também são vítimas de constipação, sendo que, tal como acontece com os humanos, esta pode evoluir para situações bem mais graves.

No caso dos gatos, a constipação pode evoluir para uma rinotraqueíte e no caso dos cães, pode evoluir para uma traqueobronquite, conhecida por “tosse dos canis”.

Não facilite se verificar que o seu fiel companheiro está mais apático, e tem sintomas como febre, tosse, espirros, secreção nasal: consulte um veterinário com a máxima brevidade possível. Pode, ainda, facilmente prevenir este tipo de doenças através da vacinação.

Dê ao seu amigo de quatro patas todo o cuidado e atenção que ele merece, garantindo que não tem um animal com frio para que possa passar o inverno com todo o conforto e bem-estar.

Fontes:

Planeta Animal
Delas
Jornal de Notícias
Observador

Dica BLOGO:

Tenha especial atenção se tem aquecedores ou lareiras. Os animais de estimação tendem a procurar instintivamente locais quentes para se aquecerem durante o inverno, portanto certifique-se que são seguros para o seu cão ou gato.

Outros artigos que lhe poderão interessar