Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar
cores

As cores e os sentimentos na decoração da casa

13 Julho 2016
0 comentários

Não é novidade que as cores influenciam os nossos sentidos e estado de espírito. Quando pensa quer na decoração das diversas divisões, quer mesmo nas pinturas, deve ter isso em conta. Se vai pintar a sua casa, explicamos o significado de cada cor e os estados que cada uma desperta para que consiga encontrar um equilíbrio.

Laranja

Esta cor vibrante pode reduzir o estado de autoconsciência (compreensão profunda das próprias emoções, forças, fraquezas, necessidades e impulsos) e permite-lhe expressar-se com confiança. Use-a em divisões onde queira criar um ambiente mais jovem. É a cor da celebração e da boa disposição.

Azul

Uma cor fria e pura que irá suavizar os seus pensamentos. Simboliza a água e tem um efeito calmante. Leva ao relaxamento, e introspeção pois diminui a frequência cardíaca, respiratória e pressão arterial. É, por isso, indicada a aplicar onde a privacidade é privilegiada.

Verde

É a cor da natureza, simboliza a vida, o crescimento, a energia e significa a esperança e a satisfação. É uma cor que se deve aplicar em espaços de atividades lúdicas e zona de estudo. Em demasia ou em tons muito fortes pode provocar alguma pressão.

Branco

É uma cor neutra e remete ao elemento metal (significa energia). Em exagero pode trazer frieza, vazio, hostilidade e deve, por essa razão, ser combinada com outras cores. Num espaço de grandes dimensões pode até servir de separação de áreas.

Amarelo

Representa a luz e estimula a mente e a aprendizagem. É uma boa cor para aplicar em ambientes de estudo, mas também em locais de refeição, pois induz à comunicação e abre o apetite.

Vermelho

Uma cor quente, que simboliza o fogo e por isso deve ser usada com cuidado. Em quartos estimula o amor e a paixão. Em salas de trabalho estimula o sucesso, a autoestima, a fama e a prosperidade. Em espaços de utilização comum como salas e cozinhas incentiva o apetite e a conversa. Use-a, no entanto, com moderação pois em demasia pode desencadear reações temperamentais.

Violeta

Porque o violeta nasce da mistura entre o azul e o vermelho, também os sentimentos que nos desperta esta cor, nascem dessa mistura. Os tons mais azulados estimulam a espiritualidade e a meditação, e os tons mais quentes incentivam o romance e o amor. Transformando as energias negativas em positivas, o violeta tem um efeito purificador do lar.

Rosa

É, por regra, a cor do amor, ternura e romance. A sua utilização é variada, quer seja em quartos de casal (em tons mais escuros) ou em quartos de meninas ou adolescentes. Outrora era associada, na maioria dos casos, a quartos de meninas. Hoje em dia, a tendência alterou-se e considera-se como uma cor versátil, com uma grande diversidade de tons para conjugar e harmonizar.

Preto

Embora seja uma cor que está muito na moda há que ter em atenção a sua distribuição pois em demasia torna o ambiente algo obscuro, angustiante, triste e depressivo. Deve utilizar-se em espaços neutros e sempre de uma forma equilibrada com outra cor.

Fonte:

Terra
House Beautiful

Dica BLOGO:

  • Crie um ambiente diverso na sua casa e, em cada divisão escolha a cor predominante em relação ao que quer desse espaço, mas lembre-se de encontrar um equilíbrio geral e onde se sinta sempre bem!

Outros artigos que lhe poderão interessar