Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar

Acidente de Carro: passo a passo do que devemos fazer

12 Julho 2018
0 comentários

Nenhum condutor está totalmente imune a um acidente de carro. Assim sendo, é importante saber como reagir e resolver a situação da forma mais rápida e segura possível.

Reflexos de segurança

Acima de tudo, o primeiro reflexo num acidente de carro é confirmar que se encontra bem e que não tem nenhum ferimento, pelo menos visível. De seguida, se existirem passageiros no carro, confirme o estado dos mesmos. Caso existam feridos, então ligue imediatamente a pedir ajuda.

Lembre-se que, em caso de existir alguém ferido, não cometa o erro de tentar ‘curar’ os ferimentos. Também não deve mover a pessoa, sem explícita orientação de um profissional de saúde. O importante é pedir auxílio de profissionais.

No caso de ser um acidente de carro numa área movimentada da cidade, é importante sinalizar o local do incidente.

O acidente é pequeno? Com a finalidade de não obstruir o trânsito, afaste os veículos da via. A menos que não seja impossível mexer os veículos, estes não devem estar a ‘atrapalhar’ o fluxo de trânsito.

Em segundo lugar, lembre-se sempre de sinalizar com segurança o perímetro do acidente.

Para tal, é importante:

  • Usar e ter sempre o colete refletor vestido, quando estiver fora do veículo;
  • Ligar as luzes de aviso de perigo (quatro piscas) dos veículos envolvidos, para tornar a área mais visível aos outros condutores;
  • Colocar o triângulo a uma distância nunca inferior a 30 metros, para ficar bem visível a uma distância de pelo menos 100 metros.

Constatar o que se passou

Estando a saúde e a segurança verificadas, é o momento de entender o que se passou e que danos existem nos veículos.

Antes de mais, mantenha a calma e não se exalte. Mesmo que verifique impaciência dos outros envolvidos, tente incutir um ambiente de respeito. Durante a conversa, não peça desculpa ou não admita que o acidente foi por sua culpa, caso não tenha todas as evidências e certezas do seu lado.

Com o propósito de identificação, comece por trocar informações com o outro condutor, tais como os nomes, as moradas, os contactos telefónicos, as seguradoras, etc.

Tire fotografias aos carros e à zona envolvente, de forma visível e nas quais se notem as matrículas dos veículos.

Com isto, podem preencher a declaração amigável. Esta declaração deve ser preenchida por ambos os condutores e feita no local do acidente.

Se tiver o seguro da LOGO, pode fazer a ocorrência através da app myLOGO, na qual poderá também enviar automaticamente as fotografias do acidente. Assim poupa tempo e envia toda a informação de forma segura e rápida.

Se houver alguma objeção de algum dos condutores sobre o acidente, devem ligar para a polícia para esta servir de intermediário, no preenchimento das declarações do acidente.

Conclusão

Em suma, eis o que deve fazer em caso de envolvimento nalgum acidente de carro:

  • Verifique o estado de saúde de todos os ocupantes do veículo;
  • Aguarde por orientação ou a chegada da ambulância para tratar ou mover feridos;
  • Ligue as luzes de aviso de perigo (quatro piscas);
  • Saia do veículo com o colete refletor vestido;
  • Coloque o automóvel em segurança, desocupado e, se possível, fora da via de trânsito;
  • Posicione o triângulo para alertar os outros condutores do perigo;
  • Converse com os outros envolvidos no acidente e troque informações (nome, morada, contacto, número de apólice de seguro, seguradora, matrícula, etc);
  • Tire fotografias dos veículos envolvidos e da zona envolvente;
  • Preencha a declaração amigável ou ligue para a polícia em caso de divergência;
  • É cliente LOGO? Abra a app myLOGO e transmita a ocorrência à LOGO, enviando todas as informações, fotografias e localização do acidente.

Fontes:

SAPO Lifestyle
Pinterest

Dica BLOGO:

A app myLOGO permite-lhe notificar a LOGO no momento. No entanto, se não tiver possibilidade de fazê-lo no momento, não pode deixar passar mais de 8 dias após o acidente para notificar a seguradora em causa.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida