Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar

Conselhos para proteger do frio este inverno

29 Novembro 2016
0 comentários

O frio acompanha a chegada do final do ano e das festas natalícias. Antes de se entregar às festividades, deve garantir que passa por esse período com a energia e saúde necessárias. O frio traz com ele um maior índice e exposição a doenças e infeções como gripes, resfriados ou gastroenterites. Por isso, é importantíssimo perceber quais são as melhores formas de se proteger em períodos de temperaturas mais baixas. Deixamos-lhe alguns conselhos para proteger do frio este inverno.

O que se passa com o corpo quando as temperaturas baixam?

Para perceber o que pode e deve fazer para se proteger do frio, é importante ter uma noção de como o seu corpo reage perante as temperaturas baixas. As extremidades (mãos, pés, cara, pescoço) são as partes que arrefecem mais rapidamente não só por serem as mais expostas ao frio, mas também porque têm uma temperatura interna mais baixa (de 37°C em comparação com os 39°C das zonas centrais à volta do coração).

Com o frio, o coração bate mais rápido para tentar aumentar a circulação do sangue e isso pode provocar, sobretudo a pessoas mais sensíveis e doentes do coração, problemas de saúde se não se protegerem corretamente.

A importância do que come durante períodos de frio

Sendo que os vírus e as bactérias se desenvolvem muito melhor em temperaturas baixas, é importante que o seu corpo não sinta frio para não ficar exposto a doenças.
Para se proteger do frio deve ter atenção à sua alimentação, sendo que esta influencia em muito a forma como o seu corpo reage a baixas temperaturas:
– Comer bem: o tempo frio é usado por muitas pessoas como a altura ideal para fazer dietas mas pode não ser o período mais indicado . Com o frio, o corpo precisa de calorias, pois temperaturas baixas são sinónimo de mais calorias gastas.
– Não saltar refeições, sobretudo o pequeno-almoço: a fome e a fatiga são dois ingredientes que, juntos, aumentam em muito a sensação de frio. Faça por comer e consumir alimentos quentes para que a temperatura corporal não sofra quedas acentuadas durante o dia.
– Aumentar o consumo de alimentos energéticos e ricos em vitaminas.
– Evitar o álcool: ao contrário daquilo que se pensa, o álcool aumenta o risco de hipotermia. Depois de um aquecimento rápido do corpo, o álcool provoca logo de seguida uma diminuição rápida da temperatura corporal.

Proteja-se do frio com o vestuário certo

Proteger-se do frio implica vestir roupa quente e várias camadas de roupa para evitar a circulação de ar entre cada peça de roupa. Escolha roupa de lã e sintéticos modernos como a lã polar, que proporcionam uma maior sensação de conforto térmico.
As mãos, pés, pescoço e orelhas são das zonas que arrefecem mais rápido. Sendo assim, é de extrema importância protegê-los corretamente. Use e abuse de cachecóis, luvas, meias e gorros para evitar que o frio se propague pelo corpo.
Caso vista uma peça de roupa molhada ou húmida, troque-a o mais rapidamente possível. Isto, pois a humanidade tende a aumentar em muito a sensação de frio.

Fontes:

Viana do Castelo Cidade Saudável
Lusíadas
wikiHow

Dica BLOGO:

  • O sono e a fatiga são dois propulsores da sensação de frio, assim para dormir melhor durante o inverno, tome um banho quente antes de se deitar, o que fará com que a sensação de frio seja menor.

Outros artigos que lhe poderão interessar