Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar
comer mais legumes

Como fazer as crianças comer mais legumes e vegetais?

17 Agosto 2017
0 comentários

A introdução de novos alimentos na alimentação das crianças pode ser um verdadeiro desafio para os pais. Desde cedo as crianças começam a fazer uma seleção dos alimentos e fazer com que comam mais legumes, revela-se essencial, para que os mais novos se familiarizem e comecem desde cedo a optar por uma alimentação saudável e equilibrada.

Não há dúvida de que o fator exemplo conta, mas pode não ser o suficiente. Não deixe, no entanto, de dar o exemplo aos seus filhos. Mostre que comer mais legumes é bom e até divertido! Siga as estratégias que reunimos para que comer legumes passe a ser natural e divertido para as crianças.

Torne a presença dos legumes habitual.

Muitas vezes os pais optam por colocar os legumes exclusivamente na sopa, por ser mais fácil a sua aceitação. Apesar da sopa ser importante, o consumo dos legumes não se deve restringir à sopa.

Ponha na mesa uma salada ou selecione algum legume para acompanhar o prato principal. Mesmo que a criança não pegue no legume à primeira, vai acostumar-se com a sua presença e tornará mais fácil a sua introdução nas próximas refeições.

Transforme os legumes em amigos divertidos.

Crie formas divertidas com os legumes e invente uma história ou um jogo na hora da refeição. Vai ajudar a criança a visualizar os legumes como amigos, o que facilitará a sua ingestão.

Misture um legume menos apreciado pela criança com um que ela goste. Vai perceber que alguns legumes são mais fáceis de introduzir do que outros. Por exemplo, o seu filho pode gostar de cenoura, mas continuar a não tocar nos brócolos. Junte os dois no mesmo prato e observe a sua reação.

Crie pratos diferentes.

Procure introduzir os legumes nas diversas refeições das crianças e não se limite à hora do almoço ou do jantar. Pode, por exemplo, servir palitos de cenoura como snack/ lanche ou adicionar legumes a uma omelete como pequeno-almoço.

Junte os legumes aos pratos preferidos da criança.

Muitas vezes as crianças já conhecem e gostam de pratos como hambúrgueres e pizza e ainda não são apreciadores de legumes. Utilize isso a seu favor e faça em casa uma pizza de legumes ou um “hamburger tropical” e envolva as crianças na escolha dos legumes que acompanharão a refeição.

Faça os legumes de diferentes formas.

Coza, salteie e estufe os legumes para perceber de que forma a criança os aprecia mais. Pode ser que rejeite a cenoura crua, mas goste dela cozida ou que prefira os cogumelos salteados, por exemplo. Persistência é uma palavra essencial no que toca à introdução de legumes nos hábitos alimentares das crianças.

Envolva a criança na escolha e preparação dos legumes.

Dependendo da idade da criança, pode fazer sentido levá-la consigo ao mercado para apreciar e escolher os legumes ou ajudá-la a prepará-los para as refeições. Geralmente as crianças têm mais tendência a aceitar uma novidade quando se sentem envolvidas.

A Organização Mundial de Saúde aconselha a ingestão diária de 3 a 5 porções de legumes. Não desanime se a criança inicialmente rejeitar os legumes. Experimente as diversas dicas que partilhamos e perceba qual a forma que torna a aceitação dos legumes mais fácil para os seus filhos. Se persistir, a criança acabará por aceitar os legumes.

Fontes:

What To Expect
Rota da Saúde

Dica BLOGO:

Não desista à primeira, mas também não insista à primeira rejeição. Está provado que a adaptação a novos alimentos pode requerer algumas experiências e insistir à primeira rejeição pode tornar ainda mais difícil a introdução dos legumes, pois a criança vai passar a vê-los como uma coisa que não quer e que é obrigada a fazer. Além disso, elogiar a criança sempre que experimentar um alimento novo pode funcionar como um ótimo incentivo a novas experiências e sabores.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida