Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar
Enxaqueca

Dicas naturais para lidar com a enxaqueca sem recorrer a medicamentos.

24 Outubro 2017
0 comentários

Milhares de portugueses sofrem com enxaquecas. Reconhecida pela OMS (Organização Mundial de Saúde) como uma doença incapacitante, a enxaqueca é uma doença crónica incurável. Contudo, são vários os medicamentos e tratamentos que é possível adotar para ultrapassar e superar uma enxaqueca.

Muitas são as pessoas que tendem a automedicar-se, sobretudo com aspirinas ou analgésicos. Para além de perigoso, a automedicação com analgésicos não é eficaz nem tem nenhum efeito positivo sobre a enxaqueca.

Neste artigo apresentamos-lhe algumas alternativas naturais para aliviar os efeitos de uma enxaqueca.

A prevenção

Apesar de não serem curáveis, é possível prevenir as enxaquecas graves. Ter uma vida mais relaxante, com menos stress e com pelo menos 8 horas de sono diárias, ajuda a que não sofra desta cefaleia. Ter um estilo de vida mais saudável, ativo e organizado com pausas e horários fixos para as refeições e sono, pode ajudar a combater e evitar as enxaquecas.

As enxaquecas e dores de cabeça podem estar diretamente relacionadas com pressão intelectual, stress, problemas gástricos, problemas de tensão arterial ou ainda as alterações hormonais. É essencial, antes de iniciar qualquer tratamento, que consiga escutar o seu corpo para entender melhor o que pode estar na origem da enxaqueca.

Dicas naturais para ultrapassar uma enxaqueca:

Magnésio

O magnésio é uma das melhores substâncias para ultrapassar dores de cabeça. Muito mais seguro do que tomar um analgésico, as pessoas que sofrem de enxaquecas, têm muitas vezes baixos níveis de magnésio. Vários estudos sugerem que o magnésio pode reduzir a frequência de enxaquecas.
Para além de ser possível tomar magnésio sob forma de suplemento, pode também aumentar a ingestão diária de magnésio através da alimentação. Pode ingerir mais fontes dietéticas de magnésio como o feijão, grão, nozes e vegetais, como brócolos ou abóbora.

Óleo Essencial de Lavanda

O óleo essencial de lavanda é muito usado como um estabilizador de humor e um sedativo leve. Pesquisas mostram que o uso de óleo essencial de lavanda é um tratamento seguro, eficaz e natural para as enxaquecas. Pode colocar algumas gotas de óleo essencial de lavanda nas suas mãos e esfregá-las na sua nuca, pescoço e ombros.

Hidratação

A desidratação, sobretudo a que acontece após um consumo elevado de café, refrigerantes ou álcool, pode levar a enxaquecas graves. Manter-se hidratado é uma das melhores formas para evitar e prevenir enxaquecas.
Para além da água, pode manter-se também hidratado através de frutas e vegetais que têm muita água como por exemplo:

  • Pepinos
  • Aipo
  • Rabanetes
  • Pimentão verde
  • Repolho
  • Couve-flor
  • Beringela
  • Espinafre
  • Melancia
  • Morangos
  • Toranja
  • Laranjas

Dieta Sem Glúten

As enxaquecas são uma das formas de se perceber que existe uma intolerância ou alergia ao glúten. Quando uma pessoa que sofre de intolerância ou sensibilidade ao glúten come comidas que contêm esta substância, essa ação pode conduzir a dores de cabeças e enxaquecas.

Segundo o Fundação Americana para a Sensibilização dos Celíacos, as pessoas a quem foram diagnosticadas enxaquecas e doenças ou intolerâncias relacionadas com o glúten, quando procederam à eliminação do glúten das suas dietas, as enxaquecas foram totalmente eliminadas ou reduzidas.

Mexa-se!

Ficar sempre na mesma posição durante um longo período de tempo pode levar a tensão corporal e provocar enxaquecas. A posição de ficar dobrado a olhar para o seu smartphone aumenta em mais de 5kg a pressão no pescoço!

Não é de admirar que este tipo de posição leve então a grandes dores de cabeça. Uma dica natural para evitar esta reação em cadeia é fazer uma pausa a cada 30-60 minutos. Estique-se, faça alguns movimentos circulares no pescoço e ande durante alguns minutos. Isso vai aliviar o stress acumulado e evitar o aparecimento de enxaquecas.

Conclusão

Mais do que usar medicamentos, sobretudo sem acompanhamento especializado e médico, privilegie a adoção de um estilo de vida menos sedentário, mais saudável e no qual leve um ritmo mais relaxado e feliz.

Fontes:

Hospital da Luz
Black&white

Dica BLOGO:

A enxaqueca pode ser um sintoma de outra doença, de alergias ou intolerâncias alimentares. Antes de iniciar qualquer tratamento ou medicação, consulte um médico ou especialista.

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida