Atenção! Este site usa cookies. Ao navegar no site está a permitir a sua utilização! Saiba mais.Fechar
dieta sem glúten

Dieta sem Glúten: tudo o que precisa de saber sobre esta tendência.

30 Novembro 2017
0 comentários

Quer seja uma necessidade de saúde ou uma tendência, a verdade é que a dieta sem glúten tem cada vez mais adeptos. São cada vez mais comuns os produtos que indicam “sem glúten” e os restaurantes que apresentam menus sem glúten. Esta tendência levanta, no entanto, dúvidas: o que é uma dieta sem glúten? Será algo a adoptar por todos? Neste artigo vamos desmistificar esta tendência e responder a algumas das perguntas mais comuns.

A intolerância ao glúten é cada vez mais frequente?

O glúten é uma proteína presente na maioria dos alimentos que consumimos. Contudo, no que diz respeito a intolerância ao glúten, é preciso distinguir dois tipos de pessoas:

  • As pessoas que são sensíveis ao glúten. Nestes casos, o consumo desta proteína pode levar alguns sintomas como dores de cabeça, dores musculares ou náuseas. Para estas pessoas, uma dieta sem glúten durante alguns dias permite ultrapassar esses sintomas.
  • As pessoas intolerantes ao glúten, chamadas de celíacos. A doença celíaca é uma doença auto-imune faz com que haja uma total intolerância a esta proteína. Mesmo se consumir uma ínfima quantidade de glúten, a pessoa pode sofrer lesões graves no organismo, nomeadamente no intestino delgado, ou ainda levar a anemia ou problemas ósseos. Nestes casos, é necessário eliminar completamente o glúten da alimentação.

    infografia dieta sem glúten

O glúten é uma proteína que está sobretudo presente em cereais como o trigo, a cevada, a aveia ou o centeio.

Comer sem glúten: quão complicado é?

Excluir estes cereais de uma dieta pode parecer fácil na teoria mas, na verdade, é muito mais complicado do que pode parecer! Os cereais estão presentes em quase todos os alimentos e removê-los por completo envolve uma mudança radical nos hábitos alimentares.
O trigo, a aveia, a cevada e o centeio estão presentes no pão, nos bolos, na massa, na charcutaria, nos frutos secos, na cerveja e em muitos doces. Adotar uma dieta sem glúten requer, portanto, algum esforço. No entanto, à medida que a perceção da presença do glúten nos alimentos aumenta, é cada vez mais fácil obter produtos sem glúten.

Quais são os benefícios de uma dieta sem glúten?

Para as pessoas que sofrem de doença celíaca, os benefícios de uma dieta sem glúten são inegáveis, sendo que os problemas e sintomas desaparecem. Para outras pessoas que não têm intolerância nem sensibilidade ao glúten, as conclusões ainda são contraditórias.

Estudos mostram que uma dieta sem glúten para quem não sofre da doença celíaca pode potenciar problemas de saúde que estejam já presentes. Contudo, uma conclusão é unânime entre os especialistas: uma dieta sem glúten pode ser benéfica a curto prazo para que se coma de forma mais saudável e se descubra novos produtos.

Comer mais frutas e legumes removendo o pão, a massa e os doces levam geralmente à perda de peso. No entanto, é importante notar que essas perdas de peso são geralmente causadas por uma mudança nos hábitos alimentares. Uma mudança nos seus hábitos alimentares pode ser feita sem uma eliminação total do glúten!

Fontes:

Observador
Tua Saúde
My Protein

Dica BLOGO:

Quer adotar, mesmo que a curto prazo, uma dieta sem glúten? Nesse caso, consulte um nutricionista ou especialista de saúde. Qualquer mudança radical de hábitos alimentares deve ser feita com cuidado e com acompanhamento especializado. Leia também o artigo “Dieta Paleo:O que é este regime e quais as suas vantagens?”

Outros artigos que lhe poderão interessar

Seguro Vida